quinta-feira, 31 de março de 2011

NA FRAGILIDADE DEUS VERGA UM HOMEM


Esse guri tem sido meu mestre. O que aprendi com ele? bem, aí vão algumas coisas.

* A verdade, por mais doída que seja, existe para ser vista e jamais negligenciada ;
* Amor e dor se fundem num único elemento ;
* O amor puro ama o que é, não o que se deseja que seja ;
* Chorar não mata, e dor só faz crescer ;
* Nem todas as dores passam, umas ficam para nos lembrar de sermos mortais;
* Planos mudados não significam planos frustrados;
* "Melhor" é um conceito meramente utilitarista, depende de seu objetivo ;
* Chorar não é fraqueza, fingir ser forte sim ;
* Crer no amor de Deus é diferente nos momentos de dor e alegria ;
* Perfeição é uma questão de ponto de vista ;
* Adaptabilidade é o nome do jogo da vida ;


* A vida não tem rascunho;
* O espetáculo da vida é sem ensaios e de apresentação úníca;
* Indagar a Deus os porquês é pirraça, maturidade é crer em Seu amor;
* Os caminhos de Deus são mais altos, MUITO MAIS ALTOS ;
* Não dá pra crer num Deus/Pai pessoal que não tenha planos pessoais para seus filhos ;
* Deus sabe quem eu sou e onde me tocar ;
* Amar é para os fortes ;
* É possível usar a quem amamos para nos auto realizar;
* Há mais o que mudar em mim do que poderia imaginar ;
* Amigos são diques que contém o fluxo da dor da vida ;
* Há coisas mais importantes no mundo que o meu bem estar ;
* O Evangelho real deve prevalecer, em mim, através de mim e CONTRA MIM ;
* Calar, por vezes é o melhor a ser feito ;
* É muito difícil remar, quando o fluxo da vida te empurra na direção contrária aos outros;

Poderia citar mais coisas, mas você verá, ou já tem visto através da sua própria história.

Ao contrário da imagem que muitas vezes já fizeram de mim (e ainda fazem), nunca fui arrogante e nem me considero superior a ninguém, muito pelo contrário, eu e só eu sei das minhas dores.
Se você pudesse me ler além do que os seus olhos vêem, saberia que não há ilações de superioridade, não mesmo.

Como diz a canção de Norah Jones "You humble me Lord, You humble me Lord, i'm on my knees, empty...".

É provavel que o texto não esteja fazendo sentido pra você, mas é exatamente isso que o torna tão meu, tão eu, pois muitas coisas não fazem sentido hoje pra mim.

Bem, acho que vou parar por aqui porque tá ficando difícil escrever com os olhos marejados.

Obrigado Caio, meu filho querido, pelas lições que tem me dado.Você é o orgulho do papai e da mamãe. Nós te amamos de um jeito tão intenso, que nem mesmo quando ficar maior você vai entender, porque esse amor não se explica, se sente. Apenas quando você for pai (e nós avós é claro), você entenderá.


"... e me assustei, não sou perfeito... e eu, homem feito, tive medo e não consegui dormir..."

5 comentários:

Daniel Ben Yossef disse...

Lindo post, meu irmão!

Que o Senhor o abençoe e te encha de vida e força todos os dias...

Grande abraços!

Daniel

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Eliana joia disse...

Vc tem se tornado um escritor e tanto,em querido!!!
Amei esse texto.
Meu filho é muito lindo,é realmente a minha cara!!!

Eliana disse...

Odiei essa foto,tira ela daí,vai...

Eric Jóia disse...

Deixa de bobeira....

Related Posts with Thumbnails